quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Violência sofrida pelas mulheres é tema do 3º Seminário Nós e a Rede


Nesta quinta-feira, 01/12, às 17h, o Espaço Criança Esperança, Rua Desembargador Mário Santos, 567, Serra, recebe o 3º Seminário Nós e a Rede do Aglomerado da Serra. O evento é uma organização do BH Cidadania e dos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Vila Fátima e Vila Marçola, na região Centro-Sul O tema deste ano irá discutir sobre  “Nós mulheres: discutindo os desafios e a força das mulheres na atualidade”.

A cada ano é levado em consideração à relevância do tema dentro do território, sempre visando à promoção de Direitos de Cidadania por parte da comunidade. O enfoque especial deste ano é violências sofridas pelas mulheres moradoras do território, lideranças, trabalhadoras na rede.

O evento contará com apresentações artísticas, mesa de discussão e a apresentação da rede de proteção e promoção da mulher em Belo Horizonte. O seminário faz parte da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher da Coordenadoria de Direitos da Mulher de BH – SMADC.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Seminário Nós na Rede busca resgatar a memória dos moradores do Morro do Papagaio

"As pessoas podem me roubar tudo, menos a minha identidade". Esse foi o tema da intervenção artística, denominada AGO, que abriu o seminário Nós na Rede: Memórias do Morro. O evento começou nessa segunda-feira, 21/11 e termina na próxima sexta-feira, dia 25/11, e tem como objetivo contar a memória dos moradores da comunidade do Morro do Papagaio. 

Gerente Ana Paula fez a abertura do evento (Fotos: Léo Rodrigues)
Moradores contam suas memórias em roda de conversa
O dia foi marcado por grandes atividades. Na parte da manhã, os participantes puderam se inscrever em rodas de conversas que abordaram temas como: troca de saberes artístico-culturais, diálogos religiosos, esporte e lazer e construção da comunidade, da cidadania e dos direitos humanos. À tarde, esses grupos escolheram um representante para contar os pontos debatidos entre eles. 

Morador do Morro do Papagaio há 46 anos, Manoel do Rosário Azevedo, começou o bate-papo destacando a importância que o local tem para sua vida, e, principalmente, para sua família. “Eu devo tudo a comunidade. Ela me deu a oportunidade de trabalhar com fotografia, cobrindo festas e casamento do pessoal daqui. Com o dinheiro desse trabalho sustentei meus 14 filhos”, comentou.

Para Ramon Paixão, morador do Morro do Papagaio e arte educador da Central Única das Favelas, o BH Cidadania tem um papel destacável na manutenção da história. 

“O BH Cidadania resgata aspectos importantes da cultura como: gastronomia, arte e dança. É muito importante saber que os órgãos públicos apoiam esse trabalho”, disse. 

Representação artística marcou a abertura do seminário
Encarte de serviços

 Aproveitando o bom número de participantes, a gerente de Políticas Sociais da Regional Centro-Sul, Ana Paula Assunção, contou em primeira mão que essas conversas também serviriam para a criação de um encarte de serviços que o Morro do Papagaio tem a oferecer para os moradores. 

Um cafe da manhã foi servido aos participantes
“Esses bate-papos com os moradores irão servir de material para criação de um catálogo que visa informar a todos o que o Morro do Papagaio oferece para a população, desde ONGs, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), creches e etc. Contamos com a ajuda de todos neste trabalho”, finalizou.

O evento ocorre durante toda a semana, inclusive com os “rolezinhos”, onde os moradores irão transitar na comunidade conhecendo os trabalhos realizados nos equipamentos existentes no local.













Escola Municipal Maria das Neves recebe placa de platina do Projeto Vida no Trânsito/Escola Segura


Alunos da Escola Maria das Neves exibem orgulhosamente mais uma placa conquistada

A Escola Municipal Maria das Neves, no bairro São Lucas, região Centro-Sul, foi agraciada no último dia 17 de novembro, com o selo Escola Segura e recebeu a placa de platina durante a cerimônia de encerramento do Projeto Vida no Trânsito/ Escola Segura, realizado no Centro de Referência da Juventude (CRJ), no Centro. Essa foi a terceira premiação consecutiva recebida pelo estabelecimento de ensino.

O evento contou com apresentações culturais do Projeto Vida no Trânsito, assinatura da faixa “Essa Escola Participa da Culminância do Projeto Vida no Trânsito”, exposição dos portfólios de cada escola, mostra de brinquedos de crianças que foram vítimas da imprudência no trânsito chamada Brinquedos Órfãos e show do cantor Tadeu Franco.

Para a diretora Fátima Cordeiro o prêmio mostra o comprometimento do trabalho feito. “Pelo terceiro ano consecutivo fomos agraciados com o selo Escola Segura. Mas este ano foi uma satisfação a mais com o recebimento da placa de platina”, destacou. A responsável pelo Projeto na Escola Maria das Neves foi a professora Carla Caldas juntamente com o monitor do PSE Arthur Honório e toda equipe.

Sobre o Projeto

O projeto, que é uma ação do Programa Saúde na Escola, da Secretaria Municipal de Educação, teve a participação de cerca de 24 mil estudantes. As instituições premiadas ontem receberam os selos (platina, diamante, ouro, prata e bronze).





quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Espaço BH Cidadania/CRAS Santa Rita promove seminário Nós na Rede

Com objetivo de promoção das narrativas de memórias produzidas por moradores do Morro do Papagaio acontece na próxima segunda-feira, 21/11, no Espaço BH Cidadania CRAS Santa Rita de Cássia, na Rua São Tomás de Aquino, 640, Vila Santa Rita de Cássia, o seminário Nós da Rede: Memórias do Morro. O evento acontece das 08h às 17h.

A iniciativa pretende agregar todos aqueles que desejam oferecer à comunidade um pouco de suas produções, mas principalmente possibilitar a todos uma forma diferente de enxergar o local onde mora. Além disso, o encontro é uma excelente forma de envolver todas as representações da comunidade, buscando iniciar uma conversa sobre o que é possível fazer juntos a favor do aglomerado. 

Os moradores que comparecerem ao evento terão a oportunidade de acompanhar a peça teatral da Casa Do Beco e um show musical da Escola de Samba da Vila Estrela.

Jovens mostram preocupação com a Educação durante Fórum da Criança e do Adolescente


A Gerência de Políticas Sociais da Regional Centro-Sul promoveu no último dia 16 de novembro, o Fórum da Criança e do Adolescente que abordou o tema “Adolescentes falando sobre Educação”. O evento realizado no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), na Avenida Afonso Pena, 941 – 1º andar, no Centro, contou com a participação de estudantes, aprendizes da ASSPROM (Associação profissionalizante do Menor) e integrantes do projeto Criança Esperança.
Participantes posam para comemorar a realização do evento

Com o intuito de construir o diálogo com os jovens sobre o que é a educação, o fórum teve como mediador Daniel Péricles Arruda, assistente social formado pela PUC-MG e mestre em Serviço Social pela PUC-SP. Após uma breve explanação sobre o tema, ele ouviu os estudantes em uma roda de conversa.

Para Daniel Arruda, a meta do evento foi alcançada uma vez que os próprios adolescentes desenvolveram o assunto e apresentaram propostas. “A mediação foi realizada por eles mesmos questionando como os projetos são discutidos e deixando de lado quem deveria participar dos processos desde sua formação”, disse. jovens na construção do saber e da cidadania”, ressaltou. Ao final do fórum, os alunos receberam um lanche. 

Jovens tiveram participação efetiva no fórum
De acordo com a gerente de Atendimento Social, Jaqueline Lago, desde que assumiu a gerência em 2011, o jovem vem sendo o protagonista dentro de um espaço de conversa. “Onde pode discutir e que sua presença não se limitasse apenas como ouvinte, mas sendo também atuante nessa concepção de fórum”, afirmou.

Para o jovem aprendiz Gabriel Mendonça, 20 anos, o melhor da palestra foram as questões abordadas que despertaram as preocupações dos jovens acerca da educação com base na realidade deles. “Como o uso das tecnologias para busca de informações nos dias de hoje”, enfatizou. Já a estudante de pedagogia da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), Nayara Teles, avaliou positivamente a iniciativa da Prefeitura. “É muito importante a participação dos estudantes na construção do conceito do que é educação e cidadania”, disse.








Autonomia e saúde são temas do Fórum do Idoso na Regional Centro-Sul


Os convidados acompanharam atentamente a palestra
Independência e saúde foram os temas principais da palestra de Susana Mara dos Santos, Referência Técnica de Atenção a Saúde do Idoso do Centro Mais Vida (CMV), dentro do Programa Mais Vida (PMV), que aconteceu na última quarta-feira, 16 de novembro, no auditório da Cruz Vermelha, na Alameda Ezequiel Dias, 427 – 7º andar, Santa Efigênia. 

Durante a apresentação foram repassadas aos idosos formas de se tornarem mais independentes dos seus familiares e dicas de como evitar acidentes domésticos. Para o aposentado, Esvanir Guimarães, de 73 anos, as informações foram muito úteis. “Gostei muito da palestra. Absorvi muita informação e vou colocar em práticas todas as sugestões que ela deu para gente. Não vou desperdiçar nada”, comentou o usuário da Academia da Cidade. 

Susana dos Santos foi a palestrante do Fórum do Idoso

Antes de finalizar o bate-papo, Susana Mara aproveitou para apresentar aos participantes o programa Mais Vida, que tem como objetivo melhorar a condição de vida dos idosos. Segundo ela, o fórum é uma ótima oportunidade de promoção do envelhecimento saudável e o atendimento às pessoas da terceira idade. “Este tipo de evento é de extrema importância, pois aproxima de forma dinâmica os idosos das políticas públicas. Além disso, amplia o conhecimento para evitar acidentes”, disse a Referência Técnica de Atenção à Saúde do Idoso. 

O Programa Mais Vida (PMV) é uma parceria entre Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA), Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Hospital das Clínicas (HC).






Campanha Natal Sem Fome, Natal da Alegria já recebe doações

A 22ª campanha Natal Sem Fome, Natal da Alegria, realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, já está recebendo doações. Os presentes arrecadados serão entregues pelo Papai Noel no dia 25 de dezembro, no tradicional Almoço de Natal do Restaurante Popular, que neste ano será realizado na unidade 2 (Rua Ceará 490, bairro Santa Efigênia), na região hospitalar. Os donativos podem ser entregues até o dia 23 de dezembro, de segunda a sexta-feira, nos restaurantes populares da capital e no posto de doação da Rua Goitacazes, 15, no Centro. Confira abaixo os endereços para entrega.

Todos os tipos de brinquedo são aceitos como doação, como bolas, bonecas e carrinhos, além de livros infantis (novos ou usados), materiais escolares e guloseimas, como bombons, pirulitos e balas. Produtos de higiene pessoal, como creme dental, escova de dente, shampoo, perfume e sabonete também podem ser doados.

A campanha é realizada há 22 anos pela PBH, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional, e conta com o apoio e a parceria de Mário Assis, presidente da Federação das Associações de Pais e Alunos das Escolas Públicas de Minas Gerais (Fapaemg). É ele que se veste de Papai Noel há 20 anos e ajuda a realizar a campanha. “Para mim é sempre uma grande satisfação participar deste projeto, que emociona e engrandece, principalmente quando vejo o sorriso sincero no rosto dos idosos e das crianças quando recebem um presente. O que é pouco para alguns é motivo de alegria para outros”, disse Mario de Assis.

Todos os anos o restaurante popular abre no Natal com um cardápio especial, preparado pelos funcionários que trabalham voluntariamente nesse dia. Os presentes e a presença do Papai Noel dão um toque ainda mais especial para a festa.

LOCAIS PARA DOAÇÕES

• Restaurante Popular Herbert de Souza
Avenida do Contorno, 11.484, Centro (atrás da Rodoviária), das 9h às 17h

• Restaurante Popular Josué de Castro
Rua Ceará, 490 Santa Efigênia (região hospitalar), das 9h às 17h



• Restaurante Popular Maria Regina Nabuco

Rua Padre Pedro Pinto, 2.277 (estação BHBUS), em Venda Nova, das 9h às 17h

• Restaurante Popular Dom Mauro Bastos
Avenida Afonso Vaz de Melo 1.001, Barreiro, das 9h às 17h

• Rua Goitacazes, 15 – Centro

De segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 8h às 14h

Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas pelos telefones 3277-4886 e 986762177.

Mais informações para a imprensa pelo telefone 3277-4886 (Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional).